Normas, normas, normas

Autor: rosagarciaruiz – tradução: Mirelle da Silva Freitas

Tão importante quanto selecionar a revista que melhor se adapte a nossos interesses de pesquisa é adaptarmos a normativa da revista para a qual enviaremos nosso trabalho.

Da mesma forma, é tão importante acessar a informação científica de máxima qualidade e atualidade nas bases de dados internacionais e nas revistas melhor posicionadas nos ranking mundiais, quanto conhecer e cumprir as normas de publicação que muitas destas revistas compartilham.

Ler pesquisas e estudos prévios relacionados com nossa temática como primeira tarefa, nos facilitará chegar a redigir seguindo o estilo científico que se espera de um pesquisador: preciso, claro e breve.

Levar em conta todas as indicações que foram mencionadas nos textos anteriores desta Escola de Autores, nos ajudará em grande medida a alcançar nosso objetivo de publicação nas melhores revistas.

Agora, alcançar a almejada publicação requer ler atenta e minuciosamente a normativa da revista a que vamos enviar nosso trabalho. Cada revista tem sua própria normativa, o que nos exige conhecer com exatidão todos os detalhes para cumpri-las rigorosamente. É importante considerar que o Clube de revistas JCR mantêm parâmetros muito padronizados em suas normativas com ligeiras, ou nulas, mudanças com relação ao manual de estilo e redação científica da American Psychological Association (APA), frente a revistas de segunda e terceira ordem, que a fim de se singularizar redigem normativas próprias que geram trabalho adicional aos autores na hora de transmutar de uma revista a outra, com o consequente risco de que o formato seja o que determina o conteúdo, como se fosse a cama de Procusto.

Entretanto, não apenas há que se fixar nas normativas referentes a aspectos formais, como também no estilo de suas publicações, o tipo de contribuições que se publicam (pesquisa, estudos, revisões, resenhas…), o modo de envio dos textos, o número e tipo de documentos que deve enviar (texto e página de rosto), devem ter dados de autoria no texto ou não etc.

A respeito das Normas de caráter formal, é fundamental respeitar escrupulosamente cada um dos requerimentos da revista, visto que a equipe editorial valorizará positivamente que tenhamos nos preocupado por levar em conta sua normativa, o que é um indício importante da qualidade científica de um pesquisador.

Particularmente, os aspectos normativos que temos que nos atentar especialmente no texto são:

  • Extensão e estrutura do artigo
  • Extensão e estrutura do título e do resumo
  • Número e adequação das palavras-chave
  • Número de referencias, atualização das mesmas e suas fontes, levando em conta se seguem as normas APA ou não e se oferecem exemplos de como referenciar
  • Formato: epígrafes, numerações, tipo e tamanho de letra, margens, espaçamento, itálico e negrito, tabulação, tabelas e figuras, maiúsculas e minúsculas etc.

A revista Comunicar oferece um documento explicitando sua normativa no qual é detalhado cada um destes aspectos e valoriza positivamente quando os autores a seguem.

Portanto, seguir meticulosamente as normas de cada revista nos ajudará para que nosso artigo possa ser apreciado na sua avaliação. Se, além disso, considerarmos as seguintes advertências, estaremos avançando corretamente em prol do nosso objetivo, a publicação em uma revista científica:

  • Enviar um artigo a uma revista implica submeter-se a seus requisitos formais e de conteúdo, por que qualquer erro em relação a isto é motivo objetivo para recusa.
  • Não cumprir as normas de una revista é sintoma de vários aspectos negativos; descrença, imaturidade científica, desconhecimento, subestimar a revista e seus processos avaliativos, em definitivo um artigo com erros desta índole tem um futuro limitado.
Anúncios

Sobre Lilian Ribeiro

Lilian Vieira da Rocha Ribeiro (Universidade de Huelva/Espanha) Doutoranda em Comunicação; Mestra em Linguística Aplicada (Univ. de Brasília-Brasil); Licenciada em Letras; Coordenadora do blog da Coedição em português da Revista Comunicar e da equipe de tradução espanhol-português da Escola de Autores.
Esse post foi publicado em Sin categoría. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Normas, normas, normas

  1. Pingback: Pares amigos | Comunicar. Escola de Autores

  2. Pingback: Normas, normas, normas | Revista Comunicar - Coedição em português

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s