A chave: os revisores

Autor: Rafael Repiso – Tradução: Jenny De la Rosa

revisores

A revisão e o revisor em contexto. Uma revista de pesquisa é um sistema de legitimação e difusão de informação científica, o último estágio no processo da pesquisa.

Na era 2.0, na qual com internet os autores podem realizar sua própria difusão e portanto a difusão é compartilhada, o credenciamento dos resultados é o principal argumento existencial das revistas científicas.

De fato, a dimensão que maior dispêndio de recursos humanos gera dentro da revista é aquela relativa aos processos de avaliação. Também há que salientar que são recursos externos, já que a maioria dos revisores não mantém nenhuma relação com a revista. Portanto, depois dos autores, os revisores garantem a qualidade dos artigos e, consequentemente, da revista.

O revisor, em resumo, trabalha para o editor e para os autores. Em linhas gerais podemos dizer que as tarefas do revisor são:

  • Evitar a publicação de trabalhos errados.
  • Melhorar a qualidade e legibilidade das publicações em procura da excelência científica, atuando como um autor oculto.
  • Fornecer ao editor as evidências sobre a qualidade do trabalho e sua relevância na comunidade, de forma que ele possa decidir com critério o futuro do manuscrito.

É importante salientar que o revisor não tem poder direto sobre a publicação ou recusa do manuscrito, ele apenas realiza um relatório para o editor da revista.

Uma boa revista se caracteriza pela presença e uso de bons revisores, como mínimo que estejam em igual patamar científico dos trabalhos que avalia. Um revisor deve se distinguir por:

  • Ser um pesquisador na ativa com uma reconhecida produção científica.
  • Estar atualizado, ter conhecimento sobre os trabalhos clássicos da área, assim como dos mais atuais.
  • Conhecer as metodologias usadas na área e os aspectos formais da Comunicação Científica.
  • Pró-atividade, pessoas com tempo e capacidade de comprometer-se.
  • Ética. Revisores que manifestam a existência de conflitos de interesse.

Virginia Gewin, em um artigo de 2011, explicava que o revisor ideal é um pesquisador recém-doutorado. Sua capacidade e necessidade de comprometer-se com a revista sobressaem sobre os outros perfis, até porque superou recentemente um processo no qual demostrou conhecimentos teóricos práticos profundos em uma disciplina, pelo qual se entende tenha uma grande atualização.

Anúncios

Sobre Lilian Ribeiro

Lilian Vieira da Rocha Ribeiro (Universidade de Huelva/Espanha) Doutora em Comunicação (Educomunicação & Media literacy); Mestra em Linguística Aplicada (Univ. de Brasília-Brasil); Licenciada em Letras (Faculdade Castelo Branco); Coordenadora da equipe de tradução espanhol-português da Escola de Autores da Revista Comunicar.
Esse post foi publicado em Sin categoría. Bookmark o link permanente.

2 respostas para A chave: os revisores

  1. Pingback: A chave: os revisores – lilyrocharibeiro

  2. Pingback: A chave: os revisores | Revista Comunicar - Coedição em português

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s