Os periódicos ESCI indexados, uma nova referência para editores e autores

Autor: Ignacio-Aguaded – Tradução: Lilian Ribeiro

Quando no final de 2015 Thomson Reuters (atualmente Clarivate Analytics) implementou seu novo produto ESCI, um banco de dados com revistas “emergentes” (Emerging Sciences Citation Index) revolucionou o clássico site WoS (Web of Science), a mais prestigiada do mundo em revistas científicas de alto prestígio internacional, com a entrada de um grande número de revistas de todas as geografias, áreas de conhecimento e inclusive idiomas. Os pouco mais de 10.000 periódicos classificados no JCR (Journal Citation Reports), seu principal produto e maior reputação global foi rotulado em muitos fóruns como um produto altamente seletivo, elitista e inclinado para a tecnologia (áreas de conhecimento), o nórdico (geografia) e o anglo-saxão (idioma). Dificilmente  competia com as cerca de 30.000 revistas científicas que o  banco de dados, Scopus, alcançava, medidas no SJR (SCImago Journal Ranking), com maior diversidade temática, geográfica e linguística.

emerging Os periódicos “Emerging” cresceram consideravelmente nesses dois anos, sendo mais de 3.000 periódicos de 50 disciplinas, de acordo com a Wikipedia (https://bit.ly/2HBvBCK) que estão presentes na lista pública e oficial de Clarivate (https://bit.ly/2FregdZ), conformando mais um produto dentro da Web of Science (WoS) com seus trabalhos indexados para sua consulta e seus apontamentos medidos em seus artigos. Estas revistas constituem, juntamente com os bancos de dados regionais, como o Scielo (América Latina), as bases chinesas, russas e outras regionais, a opção de crescimento do portal e do observatório para avaliar a qualidade e o impacto de futuros periódicos consolidados, tanto para a empresa como para os investigadores.

 No entanto, uma das críticas mais consistentes que foi feita a este produto principal da WoS é awos2 grande diversidade de revistas rotuladas como “Emerging”, algumas delas altamente reconhecidas pelas comunidades científicas regionais e locais, mas outras são publicações muito incipientes sem qualidade editorial comprovada, reconhecimento, prestígio e impacto na comunidade, o suficiente para compartilhar este clube seletivo. Era necessário esclarecer, dentro desse já extenso pacote, desta “caixa preta”, uma vez decorridos mais de dois anos de sua implementação, oferece aos editores, e especialmente aos autores, informações sobre a qualidade dessas revistas, medidas por seu fator de impacto, aplicando os mesmos critérios de computação que são usados no portal WoS para periódicos JCR.

Como todas essas revistas estão no mesmo portal, aquelas que iniciaram a indexação já possuem o elemento de citação para sua medição. Por este motivo, a partir de “Comunicar”, um índice foi gerado em dois campos de especialização: Educação e Comunicação, a fim de promover o melhor conhecimento desta base para autores e pesquisadores com seu fator de impacto medido e, portanto, seu quartil e percentil, além da classificação regional por países: https://bit.ly/2r1KOpL.

wos

O objetivo deste trabalho é aumentar o conhecimento desta “segunda divisão” de periódicos, bem como contribuir com uma visão externa ao produto, aumentando a transparência da ferramenta e incentivando autores e editores a obter um maior conhecimento dos periódicos das categorias de periódicos. Educação e Comunicação da ESCI.

Os dados foram calculados de acordo com as citações que os artigos recebem na Web of Science Core. O carregamento e cálculo de dados foi realizado em abril de 2018, de forma que, embora os dados para obtenção dos indicadores já estejam publicados, ainda estão sujeitos a correções e modificações pela Web of Science. “Comunicar” não tem nenhuma relação com o Clarivate Analytics e, portanto, este documento não tem valor oficial.

Anúncios

Sobre Lilian Ribeiro

Lilian Vieira da Rocha Ribeiro (Universidade de Huelva/Espanha) Doutora em Comunicação (Educomunicação & Media literacy); Mestra em Linguística Aplicada (Univ. de Brasília-Brasil); Licenciada em Letras (Faculdade Castelo Branco); Coordenadora da equipe de tradução espanhol-português da Escola de Autores da Revista Comunicar.
Esse post foi publicado em Sin categoría. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s